Guia definitivo para falar em público

//Guia definitivo para falar em público

Guia definitivo para falar em público

No mundo corporativo, falar em público faz parte da rotina de todos os seus profissionais, mas especialmente daqueles que ocupam, ou almejam ocupar, posições de liderança. Em um novo ambiente econômico de compartilhamento, a capacidade de se transmitir ideias e criar relações interpessoais tornam-se predicados essenciais para quem deseja se destacar. Aqueles que se comunicam melhor com grandes grupos, se tornam figuras mais adequadas para projetos maiores e atividades mais complexas.

Acostumados com eventos que revelam quem são esses nomes no mercado brasileiro, o Rooftop 5 elencou algumas das guideliness para quem deseja falar em público com propriedade Confira agora:

1. Cuidado com as anotações

Anotações e slides são sempre bem-vindos – desde que sejam utilizados como materiais de apoio. Se você foi convidado para falar em público, existem pessoas que acreditam que você tem algo importante a dizer. Seja você mesmo, sem medo, estude o conteúdo que você deseja expor e use os marcadores apenas como organizadores da sua apresentação, não como objetos de leitura. A linguagem escolhida para aquele espaço é a oral, tire dela o melhor proveito.

2. Conheça seu público

Para ganhar a atenção do público é preciso que ele se identifique com você e com o que se tem a dizer. Conte um pouco da sua história, contextualize suas falas e crie pontos de identificação. Com certeza a platéia ficará muito mais atenta ao seu conteúdo, pois se sentirá parte daquela ação. Uma outra dica, prescrita inclusive no manual TED Talks, é não cair no senso comum. Evite aquela velha abordagem de vendas, divagações, cair no tédio organizacional ou utilizar um teor demasiadamente motivador – nestes casos, o formato tende até mesmo a empobrecer os conteúdos sob os olhos do público.

3. Transmita ideias, não informações

A demonstração de dados é um recurso importante para validação de qualquer ideia, mas não é o único. Mais importante do que dominar os indicadores, é preciso criar uma linha de raciocínio lógico para que o público compreenda a totalidade de um discurso. Crie um cenário contextualizado e utilize outros recursos, que gerem mais empatia, para dar o seu recado.

4. Linguagem corporal

Parece óbvio, mas a linguagem corporal ainda é uma questão a ser dominada por muitos palestrantes. Quando subir ao palco, torne-se artista e faça daquele espaço o seu território, completamente dominado. Qual a sua postura diante do público? Para onde você olha e como gesticula enquanto fala? Se imponha com elegância, pratique em frente ao espelho, ou filme os seus ensaios para identificar onde você pode melhorar. Seu corpo diz muito sobre você, acredite.

5. Vícios de linguagem

Vícios de linguagem são erros gramaticais que interrompem ou deturpam a compreensão de uma mensagem. Especialmente em situações de ansiedade eles tendem a escapar. A repetição de palavras, gerúndios, estrangeirismos e chavões são erros grosseiros em uma apresentação e devem ser evitados. Um vocabulário rico é o seu melhor cartão de visitas.

Prontos para colocar em prática todas as técnicas para se falar em público? O Rooftop 5 te ajuda nessa jornada. Baixe agora gratuitamente o nosso Planner de Eventos ou então solicite aqui um orçamento personalizado do Rooftop 5 e comece hoje a planejar o seu evento de sucesso. Temos certeza que você também tem algo de muito legal para dizer para o mundo!

Por | 2018-09-26T12:25:18+00:00 12 de setembro de 2018|Marketing de Eventos|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixe seu Comentário