Mini Wedding | Dicas para organizar

//Mini Wedding | Dicas para organizar

Mini Wedding | Dicas para organizar

Convidados Para este formato, deve-se convidar apenas as pessoas que são realmente próximas, vez que essa é a principal característica. O ideal é que a lista não ultrapasse 100 pessoas. Assim, evita-se chamar aqueles que, normalmente, são convidados “por educação” e que não têm tanta intimidade com as demais pessoas que comparecerão. Uma boa orientação de eliminação, caso os noivos tenham dificuldades, é se eles tiveram contato com este possível convidado nos últimos 6 meses. Se não, é um indicativo forte de que ela não é uma pessoa próxima o suficiente para ser convidada.

Decoração

A decoração precisa ser simples, acolhedora e confortável. Normalmente são utilizados elementos como:
  • sofás e poltronas;
  • espelhos;
  • castiçais;
  • abajures;
  • flores e arranjos;
  • objetos artesanais, entre outros.
O tipo de decoração, seja ela mais simples ou mais luxuosa, também dependerá do próprio perfil dos anfitriões. Por exemplo, se eles tem um perfil mais romântico, os itens que citamos anteriormente estarão mais em consonância com esse estilo. O importante é que tudo esteja de acordo com o perfil dos noivos, dando um ar personalizado para o ambiente. Outro ponto que não deve ser esquecido é o conforto e a atmosfera de intimidade entre os convidados, que deve estar sempre em prioridade.

Fornedores

Os fornecedores escolhidos também dependerão do perfil da festa. Por exemplo, pode-se ter uma banda para um mini wedding romântico ou um DJ para um perfil mais descolado. Ambos combinam bem com um evento intimista, desde que todos estejam em harmonia com a proposta minimalista. Em um mini wedding pode-se também investir em buffet e bar que ofereçam opções mais sofisticadas e personalizadas para celebrar. Que tal elaborar um menu que conte algo sobre o casal? A história, a família ou até mesmo uma viagem. Como falamos, o ar intimista não está ligado com simplicidade e sim com a identidade daquele momento.

Local

A escolha do local é um dos pontos que mais ditam o ar do Mini Wedding. Para fugir do padrão engessado das grandes festas, é importante escolher lugares criativos, não dependendo dos grandes salões. Pode-se utilizar, por exemplo:
  • a própria casa do anfitrião (desde que haja espaço para isso);
  • clube;
  • jardim;
  • rooftop.

Quanto custa?

O Mini Wedding não se trata, necessariamente, de uma festa simplória, mas de oferecer a proximidade entre as pessoas e uma atmosfera envolvente como tema. É claro que, o fato de convidar menos pessoas, pode tornar tudo mais em conta. Alguns serviços como bar e buffet são negociados com os fornecedores de acordo com o número de convidados e por isso uma reunião mais intimista pode significar uma boa economia. Entretanto, praticamente todos os outros serviços não oferecem tanta flexibilidade e é preciso ficar de olho no orçamento para que tudo ocorra de acordo com os seus planos. Uma ótima dica para organizar o seu casamento sem nenhuma surpresa é através de um poderoso check-list. Com ele é possível acompanhar, mês a mês, todos os detalhes para que seu casamento tenha a sua cara. Baixe agora – é grátis! Depois de uma ideia tão incrível, fica difícil não se deixar inspirar para casar em com muito estilo, né? Venha conhecer o Rooftop 5!  Solicite aqui um orçamento personalizado e comece hoje a planejar a festa que tem a sua cara. Temos certeza que você também tem um momento especial para dividir com o mundo.]]>

Por | 2018-07-20T08:00:49-03:00 20 de julho de 2018|Casamento|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixe seu Comentário